Será que você está envelhecendo muito cedo?

 

ENVELHEÇO quando me fecho para as novas ideias e me torno radical…

ENVELHEÇO quando o novo me assusta e minha mente insiste em não aceitar…

ENVELHEÇO quando me torno impaciente, intransigente e não consigo dialogar…

ENVELHEÇO quando meu pensamento abandona sua casa (a mente) e retorna sem nada acrescentar…

ENVELHEÇO quando muito me preocupo e depois me culpo por não ter tido motivos para me preocupar…

ENVELHEÇO quando penso demasiadamente em mim mesmo e consequentemente, dos outros, simplesmente esqueço…

ENVELHEÇO quando penso em ousar e já antevejo o preço que terei que pagar pelo ato, mesmo que os fatos insistam em dizer o contrário!

ENVELHEÇO quando tenho a chance de amar e daí o coração se põe a pensar: “Será que vale a pena correr o risco de me dar? Será que vai compensar?”

ENVELHEÇO quando permito que o cansaço e o desalento tomem conta de minha alma e ponho a me lamentar…

ENVELHEÇO, enfim, quando paro de lutar…

Viver é uma arte pelo fato de depender também de como você vê o mundo. Se você deixar as coisas ruins tomarem conto cotidiano, sua pele vai sentir, seus órgãos iram sentir, e você vai envelhecer duas vezes: pelo tempo e pelas suas atitudes pessimistas.

Quando estamos bem, tudo ao nosso redor tende a ser melhor.

Mensagem da Equipe RH

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

Diálogos, envelhecer saudável, felicidade

Posts Relacionados