Qual a importância da comunicação nas organizações?

Você já pensou como a interação deficiente pode ser um grande obstáculo em uma empresa? A comunicação nas organizações é fundamental para que tanto empresa quanto colaboradores possam atingir os seus objetivos.

Como processo essencial para o enriquecimento humano, ela se faz extremamente valiosa, tendo em vista os conhecimentos que podem ser passados e absorvidos pelas pessoas.

Com certeza, você deve ter passado pela situação ou ouvido algum amigo seu falar sobre o dia complicado que teve por conta de uma conversa com o chefe. Embora essa interação entre líder-empregado deva ser corriqueira, a boa qualidade da comunicação é imprescindível para que a mensagem seja passada de forma correta e interpretada de modo eficaz.

Uma boa comunicação nas organizações garante resultados efetivos

O diálogo dentro das empresas é fonte de diversos estudos, e como assunto complexo que é, rende variadas opiniões e sempre está em pauta nas reuniões de gestão estratégica. Considerando a importância da comunicação, ela é um expressivo determinante entre o sucesso e o fracasso de uma organização. Uma empresa que possui uma estrutura horizontal, isto é, que permite a comunicação fluida entre os diferentes cargos existentes, gera melhores resultados no que se refere aos ganhos financeiros e aumento de produtividade.

Está constatado que pessoas que se relacionam melhor no ambiente laboral exercem as suas atividades com mais agilidade e precisão, evitando o retrabalho e a falta de interesse. Mas não são somente as empresas que ganham com a boa comunicação, os trabalhadores sentem-se mais seguros, motivados e melhoram o comprometimento com os seus afazeres.

Por que a comunicação nas organizações é um fator de sucesso?

A comunicação quando está bem estruturada pode gerar resultados fantásticos, este desempenho mais efetivo se deve a três fatores básicos.

1) Integração: A meta principal da comunicação, neste sentido, é que a interação serve de estímulo para a construção de relações mais duradouras, conferindo estabilidade e empatia no ambiente interno. Como fator integrador, a comunicação permite a troca de conhecimentos, ocasionando o aprendizado entre os colaboradores.

2) Estratégia: Uma interação efetiva permite que os clientes internos possam entender melhor a cultura organizacional, fiquem por dentro dos objetivos da empresa, melhorem os processos e conheçam melhor a empresa onde trabalham. É importante usar uma linguagem que possa ser entendida por todos os colaboradores.

3) Motivação e satisfação: É fácil imaginar que uma interação aberta favorece a satisfação no trabalho: ao estar livre para expor ideias ou tirar dúvidas, você adquire maior motivação para a realização de suas tarefas, pois está mais seguro quanto à forma como as atividades devem ser desempenhadas. Criar um ambiente ameno e favorecer uma boa convivência é fundamental para que as pessoas mantenham-se interessadas pelo seu trabalho.

Fonte: https://mercadoemfoco.unisul.br/qual-a-importancia-da-comunicacao-nas-organizacoes/

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

Comunicação

Posts Relacionados