Etiqueta é a pequena ética – Leandro Karnal

O texto abaixo foi extraído de uma palestra do Prof. Leandro Kanal, em Niterói, para a Semana Nacional de Transito 2016. E o tema foi “eu sou mais um por um trânsito mais seguro”.

Ainda que alguns tenham confundido etiqueta com uma norma social de uso de garfo e faca, ou de polidez, esta é a frescura da etiqueta.individual_etiqueta_social1

Etiqueta é a noção ética nas relações cotidianas. A etiqueta significa a percepção do espaço do outro, a multiplicação destas quatro fórmulas mágicas: por favor, com licença, me desculpe e muito obrigado.

A multiplicação das quatro fórmulas básicas, significa que eu vejo que não estou sozinho no mundo, que há mais gente e que não têm obrigação de me servir.

(…)

Usar a faca corretamente na mão direita, colocar o guardanapo corretamente no colo, colocar a água corretamente no copo mais alto, e maltratar o garçom, significa que não entendeu nada de etiqueta a não ser a parte imbecil dela.

Etiqueta significa tratar bem a quem me serve, a quem está no mesmo patamar e a quem está acima.

(…)

Um dos lugares da morte da etiqueta é o trânsito. E voltaremos a isso, essas fórmulas que eu falei, na formula formal desculpe-me, na coloquial com a próclise me desculpe. Elas são fórmulas importantes, preciso multiplica-las. Preciso entender que eu tenho direito a estar no mundo e os outros também.

(…)

Etiqueta é fundamental para eu existir, porque ela faz a passagem do micro para o macro e eu começo a entender que sim eu tenho direito e dever de brigar e denunciar um político corrupto, mas para isso o mínimo que eu tenho que fazer é começar a viver minha vida eticamente.

Ou seja (…) não existe sociedade humana onde o estado seja corrupto e a população honesta. Não existe sociedade humana onde a população seja corrupta e o estado seja ético. Em todos os países do planeta, governo transparente, governo não corrupto, significa sociedade respeitadora de regras éticas. Suécia, Finlândia e Dinamarca ganham o título de países mais transparentes do mundo. Avaliem o trânsito nessas 3 localidades.

Onde há corrupção das pessoas comuns no trânsito e na vida, existe governo corrupto.

Logo a corrupção do governo é a parte mais fácil de lidar. De tempos em tempos algum governante pode ser preso, a mais complicada é a corrupção social. A mais complicada de mais longo prazo.

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

lenadro Karnal

Posts Relacionados