Dúvidas sobre a febre amarela?

Saúde
Infecção viral transmitida por uma espécie particular de mosquito.

Alerta de saúde pública

A febre amarela é transmitida por mosquitos a pessoas não vacinadas em áreas de mata. A vacinação está disponível nos postos de saúde de todo o país e é recomendada para pessoas que habitam ou visitam áreas com risco da doença. Duas doses tomadas com um intervalo de pelo menos dez anos garantem a proteção por toda a vida.

www.saude.gov.br/febre-amarela

Muito rara

  • Menos de 15 mil casos por ano (Brasil)
  • Pode ser evitada por meio de vacina
  • Propaga-se por animais ou insetos
    Requer um diagnóstico médico
    Frequentemente requer exames laboratoriais ou de imagem

Curto prazo: resolve-se dentro de dias a semanas

A febre amarela é transmitida por uma espécie de mosquito comum em áreas da África e da América do Sul. A vacinação é recomendada antes da viagem para determinadas áreas.
Os casos leves causam febre, dor de cabeça, náuseas e vômitos. Os casos graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas e renais fatais.
Não existe um tratamento específico para a doença. Os esforços se concentram no controle dos sintomas e na limitação das complicações.

Como é a propagação

Por picadas ou ferroadas de animais ou insetos.
Doença grave: consulte um médico para receber orientação

Sintomas

Requer um diagnóstico médico
Os casos leves causam febre, dor de cabeça, náuseas e vômitos. Os casos graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas e renais fatais.
As pessoas podem ter:
Dor local: abdômen, costas ou músculos
No corpo: calafrios, fadiga, febre, mal-estar ou perda de apetite
No aparelho gastrointestinal: náusea ou vômito
Também comum: confusão mental, dor de cabeça, hemorragia ou icterícia.

Doença grave: consulte um médico para receber orientação

Saúde

Projeto RH GOLIN

Amanda S.C. Fernandes – Gerência RH
Luciana Germano – Conteúdo Institucional
Márcia Borlenghi – Design, revisão e curadoria conteúdo cultural

Febre Amarela

Posts Relacionados